Project Description

O Estudo do Plano de Circulação de Manaus, realizado pela Fratar em parceria com a Systra, teve como objetivo melhorar a mobilidade urbana na Área Central de Manaus, com foco na circulação do transporte coletivo, do transporte motorizado individual, circulação dos pedestres, bem como do sistema de circulação de cargas e mercadorias.

Em função do tamanho da área de estudo e de sua complexidade utilizou-se o software Aimsun. A utilização de modelos computacionais foi fundamental para reproduzir o comportamento e as condições do tráfego mediante diferentes cenários possibilitando identificar, de forma sistêmica, os impactos decorrentes das intervenções físicas e operacionais propostas para o sistema viário da Área Central de Manaus.

Principais intervenções:

• Melhoria da rede viária (complementações e/ou adequações);
• Desestímulo ao atravessamento do Centro Histórico;
• Controle de Demanda;
Otimização da Programação semafórica;
• Racionalização da rede de transporte coletivo, no que diz respeito aos aspectos de circulação;
• Redução do tráfego de passagem na região do Porto, minimizando o impacto no trânsito local;
• Incentivo dos caminhamentos a pé através da melhoria da segurança e do conforto do pedestre;
• Compartilhamento da infraestrutura com o transporte não motorizado;
Os resultados do estudo revelaram ganhos muito expressivos das alternativas propostas quando comparadas ao cenário atual. No pico da manhã, observou-se um aumento de cerca de 19% da velocidade média. A densidade média, um bom indicador da incidência de congestionamentos no sistema viário, caiu 26%. O tempo de viagem gasto pelos usuários do transporte coletivo apresentou redução de 12% e, apesar de ter havido um amento de 2% na distância média percorrida pelos ônibus, o consumo de combustível caiu 8%.