Estudo de Concessões Rodoviárias2017-08-22T11:51:27+00:00

ESTUDO DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS

A concessão de rodovias é uma modalidade de parceria entre a iniciativa privada e o poder público com o objetivo de garantir a movimentação segura, eficiente e conveniente de pessoas e bens na malha rodoviária.

Para a realização de estudos de concessão rodoviária, a Fratar dispõe das mais modernas ferramentas e técnicas que garantem a qualidade do produto final. Estes estudos possuem caráter multidisciplinar, englobando os seguintes aspectos:

A etapa de Pesquisas de Campo visa levantar as informações de oferta e demanda do sistema viário para subsidiar as etapas subsequentes. A realização do cadastro viário e da contagem volumétrica classificada de veículos por meio de filmagens, quando comparado aos métodos convencionais, proporciona maior confiabilidade aos dados levantados e facilita o levantamento de informações complementares como, por exemplo, as condições de tráfego no momento da realização da pesquisa.

Os Estudos de Tráfego têm o objetivo de avaliar a suficiência do sistema de transportes existente e indicar equipamentos, dispositivos e sistemas requeridos para operação da rodovia. Para realizar estes estudos, a Fratar utiliza a técnica de microssimulação de tráfego, a qual permite obter um modelo representativo das condições reais de oferta e demanda de tráfego da região e avaliar os impactos proporcionados por diferentes alternativas viárias, como obras de ampliação da capacidade e novos dispositivos.

Dentre os indicadores de desempenho avaliados, destacam-se o carregamento viário em cada trecho, a emissão de poluentes dos veículos (que compõe o relatório ambiental do processo de concessão de rodovias) e o nível de serviço confome metodologia HCM (Highway Capacity Manual, referência nos estudos rodoviários).

Além disso, ao simular o processo de escolha de rota dos usuários, a microssimulação de tráfego prevê os impactos gerados pela instalação de postos de pedágio na rodovia e quantifica a atratividade das possíveis rotas de fuga, de forma a viabilizar a análise de sensibilidade sobre a localização de postos de pedágio.

O Plano Funcional dos Postos de Pedágio visa garantir a segurança e a qualidade do atendimento dos postos de pedágio. Para os dimensionamentos das cabines de pedágio e das faixas de acumulação, a Fratar conta com a técnica de Simulação de Eventos Discretos, a qual consiste em reproduzir o sistema em estudo por meio de combinações de probabilidades. Essa aleatoriedade influencia bastante as condições operacionais de um sistema, provocando efeitos que não podem ser observados quando utilizados modelos que consideram apenas valores médios de demanda e capacidade.

Por fim, o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica consolida as etapas anteriores de forma a estruturar os diferentes aspectos requeridos para a concessão, a fim de verificar as condições de viabilidade do empreendimento. Com base nas alternativas estudadas e na metodologia adotada, são elaboradas análises comparativas dos custos de implantação e operação de cada alternativa, associados aos custos das obras de manutenção e recuperação requeridas. As análises dos rendimentos são elaboradas a partir das projeções de tráfego nos postos de pedágio ao longo dos anos da concessão.

Estudos Realizados

/* DOM event method for passing demo CF7 data */